Ortodontia: conheça mais dessa especialidade

19 / maio / 2021

Quer mudar de vez o seu sorriso para melhor? Então a ortodontia é a especialidade que você precisa nesse momento. Podemos definir a ortodontia como a especialidade da odontologia que é responsável por proporcionar essas mudanças de maneira estética e funcional. 

Com ela é possível corrigir a posição dos dentes e dos ossos maxilares que estão posicionados de maneira inadequada, por exemplo. Você sabia que dentes tortos ou desencaixados podem ser muito difíceis de limpar corretamente e que isso acarreta problemas maiores para a saúde bucal? 

É isso mesmo! Se os seus dentes não estão bem posicionados, eles podem ser perdidos de maneira precoce por conta da deterioração. Além disso, esse problema também causa um estresse adicional aos músculos de mastigação que pode levar a dores de cabeça, síndrome da ATM e dores na região do pescoço, dos ombros e das costas.

Você precisa de um ortodontista?

Essa pergunta apenas o seu dentista pode responder com total propriedade e certeza. 

Quem vai dizer se a ortodontia é recomendável para você é o dentista! Ele chega a essa conclusão utilizando-se de alguns instrumentos de diagnóstico que incluem coisas como um histórico médico e dentário completo, um exame clínico, moldes de gesso dos dentes e fotografias e radiografias especiais, por exemplo.

Só depois toda essa análise minuciosa e específica, ele poderá desenvolver um plano de tratamento adequado. Mas algumas coisas podem ser apresentadas em você que lhe colocam como um forte candidato para receber tratamento ortodôntico.

  • Casos de Sobremordida, algumas vezes chamada de “dentes salientes” — este problema é caracterizado por um excesso vertical da região anterior da maxila e/ou uma sobre-erupção dos dentes dessa região.
  • Mordida cruzada anterior — Quando a arcada inferior está projetada muito à frente ou a arcada superior se posiciona muito atrás.
  • Mordida cruzada — Quando a arcada superior não fica ligeiramente à frente da arcada inferior ao morder normalmente.
  • Ou mordida aberta — Espaço entre as superfícies de mordida dos dentes anteriores e/ou laterais quando os dentes posteriores se juntam.
  • Desvio de linha mediana — Quando o centro da arcada superior não está alinhado com o centro da arcada inferior.
  • Diastema — Falhas, ou espaços, entre os dentes como resultado de dentes ausentes ou dentes que não preenchem a boca.
  • Apinhamento — Ocorre quando existem dentes demais para se acomodarem na arcada dentária pequena.

Ao se encaixar em alguma dessas opções acima, você deve procurar o dentista para fazer a avaliação e talvez o uso do aparelho ortodôntico seja necessário. 

Orientações para quem já usa aparelho ortodôntico

Já usa aparelho ortodôntico? Então vamos deixar aqui algumas orientações para manter os cuidados em dias e “ajudar” o seu dentista nesse processo. Confira a lista de cuidados:

#Dica 01

Escove os dentes imediatamente após as refeições de acordo com as orientações fornecidas por seu dentista.

#Dica 02

Depois de colocar o aparelho, não utilize mais os dentes anteriores (da frente), para cortar alimentos, como: maçã, cenoura, sanduíches mais consistentes, carnes, balas, etc.

#Dica 03

Evite alimentos pegajosos (chicletes, balas de goma, caramelo, etc.) ou duros (pé de moleque, rapadura, amendoim, castanhas, nozes, pipoca, etc.) para preservar o aparelho.

#Dica 04

As borrachinhas amarelam/escurecem com o tempo e de acordo com sua dieta. Então, para manter, a cor das borrachinhas intactas por um maior período de tempo, evite consumir excessivamente alimentos muito corados.

#Dica 05

Nos três primeiros dias depois de colocar o aparelho, se houver dificuldade para mastigar os alimentos por causa da sensibilidade, opte por líquidos e alimentos pastosos como sopas, caldos e purê. O nível dessa sensibilidade varia de pessoa para pessoa.

#Dica 06

Se o aparelho quebrar, entre em contato imediato com o dentista. Sempre guarde as peças soltas e tenha cuidado para não engolir nenhuma parte quebrada. 

#Dica 07

Utilize corretamente a cera ortodôntica oferecida pelo dentista. Ela ajudará na diminuição do incômodo nas bochechas, língua e outras partes da boca. 

#Dica 08

Se o aparelho estiver machucando, não o remova por conta própria. Entre em contato com o ortodontista para averiguar o que está acontecendo. 

#Dica 09

Suas condições bucais devem ser constantemente avaliadas por um dentista. Se você estiver com problemas para o controle de cáries, por exemplo, o tratamento ortodôntico pode chegar a ser suspenso. 

E então, gostou das dicas? Agora você já conhece mais um pouco sobre essa especialidade da ortodontia. Se quiser saber mais informações e precisar agendar uma avaliação, entre em contato com a gente pelo número: 0800 841 2222.


Artigos Relacionados